Trechos da minha impaciência – parte IV


autumn-942791_960_720 (1)

O que sou e/ou como me vejo dentro dos “ditames constituídos” afim de orientar a nau das minhas inclinações pessoais? Como consigo tratar inequivocamente a sociedade em que vivo e que me mata? Vejo-me na alma de um cavalheiro acercado por vícios de linguagem, de roupagem, de leitura e em que nada traduz o que eu gostaria de entender por…burlesco. Qual papel devo representar neste habitat reduzido, parco espaço para o abraço que eu alcanço? Isto é um ambiente corporativo? É nocivo! É machista, feminista, etnocentrista, xiita? É tudo e me falta uma gama de possibilidades que não estão na pauta das discussões.

Quando voltei da manifestação em apoio à MARCHA CONTRA A CULTURA DO ESTUPRO, encontrei um indígena que não estava entre os seus brasileiros e; me pediu uns trocados; trocamos

Anúncios

21 comentários sobre “Trechos da minha impaciência – parte IV

  1. As alternativas que temos para redução de danos ainda são limitadas…No nosso próprio habitat as consequências negativas reiteradamente se comprovam cada vez mais infelizmente! Que ambiente é esse que se constrói e se destrói… fragmentação do habitat ??? É está difícil meu amigo…Vamos TRoCaNDo. ❤ Bjs Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  2. Texto incrível! Remete a reflexão e cutuca: qual papel (burlesco?) atuamos nessa sociedade NOCIVA? E o ambiente corporativo? Serão as veias de um sistema doentio ? Me sinto doente.

    Curtido por 1 pessoa

    • Agradeço cada palavra da tua generosidade e identificação. Lamentavelmente tudo isso aí é “palpável” e vivemos dias bastante difíceis e eu me sinto perdido de fato! Por você aqui Juliana, agradecido de tudo!

      Curtir

      • hangferrero podes me ajudar com uma dúvida? Sou nova nesse universo dos blogs e tenho feito minhas explorações por aí descobrindo cada vez mais espaços com escritores que me agradam e os quais eu não queria perder de vista. Esbarrei em um limite de blogs a seguir imposto pelo WordPress. É isso mesmo? Há limites?

        Curtido por 1 pessoa

      • Opa! Acredito que não, Ana, não há limite. Ocorre que pouco sei também hehehe e até por essa razão, to contratando acessoriade transitar melhor por aqui. Mas não é difícil, procure alguém que entenda um pouquinho mais que a gente rsrs, pra te ajudar, mas até onde sei, tens bastante espaço aqui. Feliz por estar entre os seus. Bjão

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s