DNA


pipe-1008899_960_720

Pra que lado jogo essas ideias todas? Esferografica ou datilograficamente, tudo me é corrigível, ao passo que posso recorrer à lapidação do pensamento. Como a um ensaio, porque se saio por aí a falar, corro o risco de errar e errar e errar mais e mais e quilometrar. Por isso, isso tudo aqui; é isso! Como aquele osso bem cozidinho possível de roer da costelinha a despeito do meu aparelho ortodôntico. Meu preto velho de tão preto me identifico como essas coisas de ácido desoxirribonucleico. Só ri! Sorri! E depois das risadas que já lhe emolduram o canto da boca que vejo por baixo do cachimbo ( cachimbo; que palavra “bunita“: cachimbo! ), vem a me aconselhar,  a me exigir, baixinho, a mansidão do pensamento e da ação. Coisa que ele faz muito bem bem, pro meu deleite, da cor do leite dos fiapos caracóis daquela carapinha, que só eu vejo e mais ninguém – que privilégio! Assim transcrevo, auspiciosa e espiritualizadamente, como a me transformar cada vez mais no que vejo, pro meu enlevo, mais preto e mais velho a me identificar: DNA.

Anúncios

20 comentários sobre “DNA

    • Envaidecido, por seu interesse e não posso me e não posso me furtar da oportunidade: ontem participei de um Sarau e declamei um texto que também está aqui no blog – Pensava Jão – e uma amiga ficou… encantada e se identificou de tal maneira […]
      Não deu outra! A emoção dela me “inquietou” sobremaneira, pela mesma razão “autobiográfica”, por assim dizer…bjooo

      Curtido por 1 pessoa

  1. Eita que zinfio falou tão bonito que veio veio cá espiá, sabe que tem pito tem gosto e veio adora um pitar. Sabe fitito, as coisas belas são assim saem da alma de dentro da gente e isso fitito sabe, deixa o veio aqui muito contente.
    Lindo meu irmão, adorei passear e respirar sua inspiração. Gratidão! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  2. Preto Velho ahhh especialistas em reflexão, nunca se sai de uma consulta de um Preto-velho de Oxum sem um minuto que seja de pensamento interior. As vezes é comum sair até mais confuso do que quando entrou, mais é necessário para a evolução. Sinto o aroma das ervas queimadas em seu cachimbo tomando conta do ar… ❤ Bjs Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  3. Dizem que numa certa cidade, no fim da rua onde poucos passavam, havia uma casa e lá vivia um velho, calado, misterioso. Diziam que ele falava com as estrelas. Sei não, do jeito que andava envergado, mais parecia falar com as raízes sob seus pés.
    Diziam que ele era preto. Mas, preto não é raça, é cor. Mas o povo dizia que ele era preto e que andava com um negócio no canto da boca, talhado de uma raiz de roseira e que soltava fumaça. Uns diziam que fedia, outros, que parecia cheiro de coisa do céu.
    O preto era velho, tão velho que sua cabeça mais parecia um botão de algodão Seridó.
    O preto velho tinha um cão: Ximbo. Fiel, dedicado, silencioso e desatento.
    Um dia, o velho ganhou um osso enorme no açougue, que o açougueiro generosamente, reservou com um monte de nacos de carnes. Era pra Ximbo.
    O velho chegou em casa e chamou seu cão: Ximbo! E nada.
    Tentou o quintal dos fundos: XIMBO! Nada.
    Puxou um banquinho e olhando por cima do muro viu seu cão: VEM CÁ, XIMBO!
    Agora, dizem que aquele era o nome do cachorro. Mas, outros, metidos a espertos, afirmam que caximbo era o nome daquele negócio que o preto velho levava no canto da boca, que soltava fumaça feito coisa do céu, quando falava com as estrelas .
    Só não souberam me dizer porque com “X” e não com “CH”.
    Sei lá, é o que eles contaram…
    Parabéns Hangão! Você sempre demais!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Tá lá! E de todas estas figuras que circulam o imaginário, ou a espiritualidade, não é que a do Preto Velho é a que mais admiro?! Me passa a sensação de ser vivido e experiente. Pessoa do bem que sabe as malandragens, mas não as usa com má intenção. Gente boa, é boa mesmo e não por desconhecer o mau, mas por exatamente por isso ter a convicção em permanecer do lado bom! Sensacional, meu amigo! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s