Divã


noodles-560657_960_720

descasca-me do narcísico
deste desfecho protético
a que me sujeito acrítico
reinventa-me da morte
a que sou artífice e artifício
atenda-me e venha ao socorro
senão eu morro patético
e sem fôlego no eco
em que zomba Freud
dilacera as verdades que “penso”
pois Sig me quer epistemofílico
e se vieres traga-me flores
e tratemos o caminho lúdico
mas… só se comigo “flores”

Anúncios

9 comentários sobre “Divã

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s