Tratado do amor silente


bed-linen-1149842_960_720

tanta força que não sei
se usei da farsa em defesa
ao meu pescoço que sangrava
à lamina de sabre que cortava
os meus dogmas em tantas partes
naquela alcova-arena-armada
fui infiel, foi ótimo – bem sei
fui crítico, ardil – foi útil
naquela àgora que arquitetei

Anúncios

8 comentários sobre “Tratado do amor silente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s